Aquele tempo já passou.


Aquele tempo em que eu fazia questão, já passou. Fiz muita questão, durante muito tempo, mas não tive retorno nenhum. Fiz o meu melhor nesse tempo todo para darmos certo, mas apenas eu, sozinha, tentando, não iríamos chegar a lugar nenhum. E não chegamos. Não demos certo. Minha consciência está tranquila, e mesmo o meu coração partido, está ciente que eu diferentemente de você tentei. Você deveria ter se esforçado um pouquinho mais, ter me escutado um pouquinho mais, ter tido um pouquinho mais de interesse. Mas não adianta interessar agora, agora eu não quero mais. 

Eu cheguei no meu limite, gastei as forças do amor que eu sinto por você. Não tem como negar que ainda existe sentimento, talvez sempre exista, mas a diferença é que agora não alimento-o mais. Deixo tudo o que passou apenas nas lembranças e não faço questão de reviver mais. Sinto muito que tenha se dado conta do quanto eu era importante para você, logo agora que eu me dei conta que você não é mais tão importante para mim. Tive muito receio desse momento chegar e não ser forte o suficiente para olhar em seus olhos e dizer que estou seguindo em frente, mas agora que finalmente chegou, percebo que sou muito mais forte do que imagino e lhe digo: estou seguindo em frente. 

Para mim já passou. Já deu o que tinha que dar. Minha cota de chances para você se esgotou. Tentei de todas as maneiras possíveis para entender que não adiantava eu tentar ser mais, eu tentar fazer mais, eu tentar amar mais, simplesmente não adiantava porque você também não tentava, e quando os dois não tentam, o relacionamento se perde aos poucos.. Até não ser mais possível recuperá-lo. Aquele tempo já passou, o nosso tempo já acabou. Acabou as chances, as recaídas e o que acabou com qualquer outra chance nossa: acabou a minha esperança em você. (Escrito por Bárbara Flores)

Comente com o Facebook: