Um tempo só.

Ás vezes é preciso ficar um pouco só, se afastar um tempo do mundo real para colocar os sentimentos em dia e dar uma ajeitada no coração. Um tempo só, um tempo para reorganizar tudo o que está acontecendo por dentro e reorganizar as prioridades, deixar ficar somente o que realmente vale a pena. De vez em quando é necessário mergulhar em si, entender o que se passa, o que precisa, o que sente.  Ficar em silêncio com os próprios pensamentos, escutar o que diz o coração. Fechar os olhos e analisar o presente, refletir o passado e planejar o futuro. Ficar consigo mesmo, amar a si mesmo, chorar pra si mesmo se for preciso e acalmar o coração. Ficar em paz por dentro, com a consciência, com a alma. Chega um momento que é preciso deixar de lado a euforia, a preocupação e o desconforto que não estão fazendo bem nenhum e deixar apenas o silêncio, o sossego, o conforto. Ficar um pouco só, um tempo só. Faz bem. Ás vezes faz bem. (Escrito por Bárbara Flores)

Comente com o Facebook: