Ciclo do amor.

Dizem que estamos destinados a nascer, crescer, se apaixonar, viver e quebrar a cara até aprender que amor não se cobra, não se exige. É um ciclo quase eterno, por mais que a gente sofre e quebre a cara nunca aprendemos realmente. Sempre temos uma esperança que um dia vai mudar, que um dia vai dar certo. E é verdade, um dia vai dar certo. Um dia quando você já estiver cansado, quando você achar que não há mais esperanças, bum! Vai aparecer alguém e cruzar seu caminho, alguém de verdade, alguém para marcar, para ser feliz, para chorar, para consolar, para mostrar as coisas da vida por mais difíceis e complicadas que possam ser, de alguma forma valem a pena quando se tem alguém do lado para dividir e compartilhar. Parece bobagem, parece clichê e parece que não vai acontecer, mais vai. Mas é preciso ter paciência. É preciso saber que sua hora ainda vai chegar, e que não vai ser nem cedo e nem tarde demais, vai ser no momento exato em que você estiver precisando, em que você estiver quase desacreditando, em que estiver finalmente pronto para receber um amor de verdade. (Escrito por Bárbara Flores)

Comente com o Facebook: