Quando estiver triste.

Quando bater aquela carência ou aquela tristeza não faça nada, apenas vá tratar de descansar sua mente e tentar aquietar um pouco seu coração. Tente ir dormir, ficar acordado só te faz ficar se auto-martelando, pensando, imaginando e lembrando besteiras. Ocupe-se, trate de esquecer. Não invente de pegar seu telefone, nem chegue perto do computador. Se estiver triste no meio da noite ou em plena madrugada, pelo amor de Deus, vá conversar com amigos, vá assistir tv, ver algum filme ou até no limite do limite escute alguma música, mas que não seja romântica ou melancólica por favor. Se estiver triste, na pior das hipóteses, fique esperando essa sensação passar, mas não invente de falar que sentiu falta, que bateu a saudade e resolveu procurar. Isso que você está sentindo  não é saudade, você já passou da fase da saudade, agora é só carência e carência logo passa. Não se deixe levar por uma sensação momentânea, algumas palavras mal ditas podem ser mal interpretadas e depois de ditas não são esquecidas. Sabe aquele velho ditado que de a gente não deve falar nada de cabeça quente? Pois é, serve para o coração também. A gente não deve falar nada com o coração quente, na flor do momento. Espera, aquieta seu coração e deixa seu pensamento relaxar. Certos momentos devemos aguentar sozinhos e certas coisas devem ficar somente com a gente. Então quando bater aquela carência e aquele aperto no peito, não faça nada. Trate de deitar e esperar, não vai durar para sempre, vai passar. Com o tempo vai passar. (Escrito por Bárbara Flores)

Comente com o Facebook: