Se eu ficar.

Esse livro me surpreendeu bastante. Partiu meu coração em pedacinhos e me fez refletir mais na vida, na família e nos amigos, e passar dar maior valor ao que realmente é precioso na vida. É o tipo de livro que se você ler vai acrescentar algo na sua vida, que tem uma lição, um sentimento para te passar. Um pequeno resumo da história: “Mia é uma adolescente de 17 anos que foi passar o dia na casa dos avós junto com os pais, mas no meio do caminho acontece um  grave acidente de carro, ela sobrevive mas no entanto fica em coma sem previsão de acordar, fazendo a esperança reinar. Por meio dos flashbacks e dos pensamentos de Mia, o livro explora a vida da adolescente, sua paixão pela música e sua forte relação com a família, com o namorado, e com a melhor amiga.” É um romance intenso, que fala sobre o poder que tem o amor e leva quem lê a fazer uma reflexão de sua vida e das coisas e pessoas que realmente importam. Separei três trechos do livro que mais me chamaram a atenção e que mais me identifiquei:
1- “Não é incrível como a vida é uma coisa e então, de repente, torna-se outra? Sabe quando você tem momentos incríveis na sua vida em que tudo está dando certo e você até sente um medo de, de repente, tudo mudar? Muitas vezes, o vento sopra contra a maré e a nossa vida, que parecia ser um sonho, vira de pernas para o ar e a gente pensa que não vai suportar. A verdade é que os momentos bons jamais existiriam e seriam bons se não fossem os ruins, não é verdade? Acredito que precisamos passar por dificuldades e momentos dolorosos para darmos valor a cada momento que nos faz feliz e faz bater o nosso coração mais forte. Com a correria do dia-a-dia esquecemos de aproveitar cada segundo que temos porque a verdade é que nunca sabemos o dia da amanhã, o minuto seguinte, nosso próximo passo.”
2- “Às vezes, você faz escolhas na vida e, às vezes, as escolhas fazem você. Muitas vezes nos vemos diante de uma rua com duas bifurcações e temos que escolher qual parece ser a melhor. E o medo de escolher a errada? Não diria errada, mas e se o arrependimento vir? E se quisermos voltar atrás? A grande questão é que na vida não podemos voltar no tempo e fazer diferente, então nossas escolhas são importantes demais e por isso tão assustadoras. Ao mesmo tempo existe um caminho que já está traçado. Sabe quando você está num trem e ele escolhe por você qual bifurcação seguir? As vezes você quer ir para um lado mas a vida te empurra para o outro. E não há o que fazer a não ser aceitar, enfrentar e seguir em frente para a próxima escolha. Eu acredito que temos escolhas que fazemos e escolhas que a vida faz por nós, seja por nosso destino já estar traçado, seja pelo acaso, seja por uma força maior.”
3- “A vida é uma grande, uma gigantesca confusão. Mas essa também é a beleza dela. Se pararmos pra pensar, a vida é engraçada porque ela tem os dois lados da moeda, e muitas vezes, ao mesmo tempo. Quantas vezes você já não se viu diante uma situação sem saber qual lado seguir? As vezes não dá vontade de seguir os dois lados juntos? Ou nenhum? Como disse, se não houvesse momentos de dor, de fraquezas, de dificuldades, de perdas, de dúvidas, não teríamos momentos de carinho, de amor, de paz, de felicidade, de certezas. E essa é a graça da vida, poder traçar nosso próprio caminho e se deixar levar. Por isso, todos os dias temos que agradecer por uma nova oportunidade de fazer diferente.”

Comente com o Facebook: