Deveria.

Eu deveria ter dito mais alguma coisa, qualquer coisa, mais eu deveria ter dito. Preciso aprender a deixar de lado essa mania de ficar perdendo tempo pensando, tentando decidir se falou ou não, se faço ou não, perdendo oportunidades de fazer alguma diferença. Mas se eu tivesse uma chance de voltar no passado, voltaria para aquela hora, para aquele momento, para aquela aquela conversa. Eu voltaria e diria para não ir embora, para ficar, para deixar as bobagens de lado e simplesmente permanecer, porque eu quero que você fique ao meu lado. Eu voltaria e pediria para permanecer, diria para deixar todas as outras coisas para lá, a gente já devia saber que nada mais importa, o que importa é a gente ficar bem, meu bem. Eu queria poder ter dito que eu preciso de você para me proteger, para ter um colo para recorrer, ter um ombro para desabafar. Eu deveria ter dito, talvez não mudasse nada, talvez mudasse tudo, mas isso agora eu nunca vou saber. Eu eu poderia ter dito, na verdade eu deveria ter dito, mas simplesmente deixar o momento passar, simplesmente deixei você ir. Eu deveria e não fiz, agora preciso aguentar todos os dias a consequência de não ter seguido meu coração. Dói, dói muito. Por isso não vou deixar mais nenhuma oportunidade passar, quando meu coração quiser falar, eu vou deixá-lo desabafar. A vida é muito curta para a gente ficar esperando o tempo para resolver, ficar esperando o tempo para falar. Tem a oportunidade hoje? Aproveite! Amanhã você pode não ter essa mesma sorte. (Escrito por Bárbara Flores)

Comente com o Facebook: