Palavras nem sempre são suficientes.

Ás vezes a gente não precisa de nada, só de compreensão, só de um colo, de um ombro amigo. De saber que tem alguém lá apoiando você. A pessoa não precisa dizer nada, ou fazer nada, somente estar lá, ficar lá, paciente, escutando, deixando você desabafar, deixando você colocar tudo para fora sem te sentenciar, sem te julgar. Ás vezes a gente não precisa de muita coisa, só precisa de alguém, que dê um aconchego, dê uma demonstração de carinho, dê um sinal de afeto. Nem sempre queremos palavras ou promessas, ás vezes as palavras são necessárias, ás vezes elas são insuficientes, ás vezes são incapazes de descrever ou consolar o que estamos sentindo em certos momentos. E ás vezes só uma demonstração, só um gesto, só uma pequena atitude, tem a capacidade de expressar, de acalmar e de consolar que as palavras nem sempre tem. Por isso é que sempre dizem: uma atitude, um gesto valem mais que mil palavras. Não fale, demonstre. Atitudes provam tudo o que as palavras deixam a duvidar. (Escrito por Bárbara Flores)


Comente com o Facebook: