Insegurança e confiança.

Sobre ter essa insegurança, é ruim eu sei, é horrível esse receio de perder alguém, esse pequeno aperto que dá no coração só de imaginar sua vida sem aquela pessoa especial. A gente tem essa essa insegurança porque lá no fundinho a gente sabe que ninguém é de ninguém e que nada é realmente para sempre. Lá no fundinho a gente sabe que não tem nenhuma certeza definitiva, que todo relacionamento é vulnerável. Mas é preciso ter confiança, a gente tem que cair na real que quem for para permanecer na nossa vida irá permanecer, independente de quantas outras pessoas ela conheça, de quanto tempo passe ou de quantos obstáculos apareçam, simplesmente permanecerá, aceitará e gostará de você assim, bem do jeitinho que você é, com suas qualidades e seus defeitos. A gente tem que aceitar que nem tudo depende da vontade da gente, mas isso não significa que devemos deixar o destino agir sozinho, a gente sempre pode evitar, precisamos fazer o possível para não desgastar, o possível para não esgotar, o possível para não acabar, aí sim, se for para ser, vai ser. E quando for você não vai precisar mudar, não vai precisar se modificar, não vai precisar se preocupar, ela vai te aceitar, te respeitar, te valorizar, te cuidar, ela vai ficar e vai durar. Então tenta deixar de lado essa insegurança, e aproveita a pessoa que está do seu lado, aproveita, valoriza.  (Escrito por Bárbara Flores)

Comente com o Facebook: