Até que ponto vale a pena?

Uma pessoa me perguntou: "até aonde se deve correr atrás da pessoa? Até que ponto vale a pena?". E refletindo sobre isso, cheguei a conclusão: até o limite, até onde é correspondido. Cada pessoa tem o seu limite. Tem umas que o limite é tão curto que não conseguem nem correr atrás do que querem, ficam "tanto faz, tanto fez". Tem outras que começam a correr atrás e no primeiro obstáculo já se desanimam. E tem as que independentemente dos obstáculos vão atrás até conseguirem o que querem, até estourar o seu limite. Se é o que você ama, se é o que você quer, não desista. Acredite, vale a pena quando é amor. Vale a pena quando é correspondido, quando tem respeito, quando acima de tudo tem amizade, quando tem companheirismo. Vale a pena quando ambos fazem de tudo para não magoar o outro, quando ambos lutam para serem felizes. Vale a pena quando é recíproco, quando o sentimento mútuo! Vale a pena quando tem harmonia, quando tem equilíbrio, quando tem paciência, quando tem conciliação, quando tem apego, quando tem afeto. Enquanto houver esperança, vale a pena. Enquanto seu coração insistir, vale a pena. Acredite, quando se trata de amor você tem superar o orgulho e insistir, porque o amor sempre vale a pena!  (Texto escrito por Bárbara Flores)

Comente com o Facebook: