Mantenha a calma, mantenha a fé.

Eu sei que a vida não está sendo fácil ultimamente. Eu sei que você anda espalhando sorrisos por aí enquanto seu coração está turbulento. Eu sei que você ajuda, segura, e apoia a dor do outro, enquanto a sua dor você deixa escondidinha bem lá no fundo para ninguém perceber.

Eu sei que você quer colocar tudo isso para fora, desabafar todas as coisas que estão acontecendo com você que ninguém vê, chorar todos as lágrimas que você engoliu e deixou para depois, deitar no colo de alguém e apenas ficar ali, esperando um conforto, um carinho. Eu sei que você se está se esforçando ao máximo para aguentar tudo isso.

Eu sei também que muitas vezes você duvida de si mesma e duvida do seu caminho também. Você fica questionando "o que eu fiz para merecer isso?", "o que estou fazendo de errado?", "eu não mereço ser feliz?", eu sei que isso tudo entre muitas outras dúvidas passam em sua cabeça, mas eu sei também que no fundo do seu coração você tem a resposta para todas elas. Você é uma boa pessoa. Aliás, pessoa maravilhosa. Coisas ruins também acontecem com pessoas boas.

Todos esses momentos difíceis que você anda passando, todas suas lutas silenciosas, todos os sofrimentos guardados, não são em vão. Tudo o que você está passando é para tornar sua força ainda maior e preparar a tua vida e teu coração para as coisas maravilhosas que a vida tem reservada para o teu futuro.

Por isso não desanima não. Continua lutando. Você nem imagina o quanto é forte o quanto ainda pode suportar, e você vai suportar. Você vai suportar porque tudo isso por mais longo que pareça, é passageiro. Mantenha a calma, mantenha a fé.  Logo todas as coisas ruins passarão e as boas chegarão. Confie. (Escrito por Bárbara Flores)

Amparada.

E mais uma vez fui amparada. Mesmo sem merecer, Deus me segurou no colo e acalmou minhas angústias. Mesmo esquecendo milhares de vezes de demonstrar gratidão, Deus fez questão de tranquilizar meu coração.

Nossa alma pode ser pequena, frágil, inconstante, mas Ele não. Deus é constantemente amor. Ele é a luz que guia nossos passos nos caminhos escuros, Ele é a proteção nos momentos de aflição, Ele é nosso abrigo nas nossas lutas diárias.

Deus aquece nosso coração da frieza desse mundo, mesmo quando nos esquecemos, e ficamos um tempo sem falar com Ele. Somos tão pequenos, tão imperfeitos, quase sempre nos esquecemos de agradecer as bênçãos diárias, mas nos lembramos de pedir a Ele na dificuldade. Mas mesmo sendo assim imperfeitos, mesmo possuindo tantos defeitos, Deus ouve nossa oração, Ele atende nossa súplica, Ele fornece seu amor e nos floresce da dor.

Cada um tem seu defeito, sua imperfeição, seu defeito, mas Deus enxerga além. Ele enxerga cada marca, cada cicatriz que possuímos. Ele é capaz de enxergar tudo aquilo que nossa ignorância não permite. Ele vê dentro do nosso coração, Ele vê nossa alma. Ele vê tudo àquilo que somos e podemos ser.

Deus enxuga as lágrimas, acalma a tempestade e tranquiliza todo nosso ser. Mesmo sem merecer, diariamente somos cuidados, somos amparados e somos amados. (Escrito por Bárbara Flores)

Tolerância.


Tolerância deveria ser um sentimento que deveríamos praticar diariamente, mas que a maioria das pessoas esquece. Precisamos ser mais tolerantes, o que mais falta hoje em dia é tolerância e também o respeito com o próximo e suas diferenças.

Ser tolerante é entender que cada um tem a sua própria identidade, suas próprias escolhas, seu próprio caminho. É entender que ninguém tem que ser igual a ninguém, que cada um tem sua religião, sua opção, ou sua vontade, e ser tolerante é respeitar a opção ou decisão do outro sem julgá-lo e sem desrespeitá-lo por isso. Não somos melhores do que ninguém, não temos a capacidade de julgar ou apontar o outro. Somos todos humanos, todos erramos e todos nós precisamos aceitar nossas diferenças.

Ter tolerância é ter respeito com tudo àquilo que diverge das nossas coisas, das nossas opções e dos nossos sentimentos. É a chave para termos mais paz interior. A atitude do mundo depende da maneira como vemos esse mundo: se o vemos como um lugar de guerra, realmente ele vai ser de guerra, mas ao sermos tolerante com os outros, aprendemos as nossas vidas serão um fluxo de energia boa, de paz e de amor.

Por isso é preciso colocar-se no lugar do outro, tentar entender o outro, escutar o outro antes de falar, julgar ou apontar o dedo sobre ele. Ninguém sabe o que o outro passa, o que sente, o que suporta, até passar pela mesma situação.

Por fim, ser tolerante é entender que a única coisa que se combate o mal, é o amor. E a tolerância também é uma forma de amor. (Escrito por Bárbara Flores)

Eu vejo tua luta.

Eu consigo ver seu esforço, sua luta. Você está se esforçando ao máximo para ser forte, ou pelo menos para parecer forte, mas sei que no final da noite acaba se desfazendo em seu travesseiro, e questionando o que você está fazendo de errado.

As coisas não andam fáceis, o momento está difícil, a vida está turbulenta. Ultimamente parece que as coisas estão dando mais errado do que certo, e você está vendo suas expectativas sendo decepcionadas, seus sonhos não sendo realizados e suas vontades não sendo alcançadas. Não está nem um pouco fácil, e ás vezes parece que a tendência é só piorar. Mas não é. Pode parecer que não vai melhorar tão cedo, mas vai.

Somos tão pequenos, fechamos nosso coração diante das dificuldades e aquela fé que mantém nossa força parece que se vai, mas ela não se vai. Ela ainda está ali, no coração, mesmo fechado. O único problema é que ficamos tão abalados quando as coisas não saem do jeito que queremos,que a negatividade acaba tomando conta e tudo parece começar a dar mais errado ainda.

Mas a fé é o que nos empurra para frente, é a pequena abertura que permite que toda negatividade vai embora e fique apenas aquela sementinha de esperança. Aquela sementinha que sempre dá esperança de coisas melhores estarem chegando. E estão.

Coisas melhores estão a caminho. Dias melhores, notícias melhores, sentimentos melhores. É aquela velha história daquele velho clichê: toda tempestade é necessária para que se veja o arco íris.

Toda essa tua luta não está sendo em vão. Todo teu esforço, toda essa provação, trará coisas melhores para tua vida. Não desanima não, eu sei que ás vezes você sente a vontade de desistir, de desabar e jogar tudo para o alto, mas vale muito mais a pena continuar em frente. O que já passou não se comparar com o que está por vir. Confia. (Escrito por Bárbara Flores)

Não é simples moça, eu sei.

Não é simples moça, eu sei. No fundo sabemos certinho o que precisamos, sabemos o que não merecemos, mas é difícil deixar para trás algo que você tanto quer mesmo sabendo que você merece mais. É que estamos tão acostumados a nos contentar com o que nos aparece, que temos medo de largar o conforto e arriscar mais, arriscar o melhor, arriscar além do que já fomos. 

Dá um aperto no peito imaginar deixando tudo para trás e recomeçar uma vida nova, do zero, recomeçando os mesmos passos só que em um caminho diferente. Não é fácil, eu sei. No fundo sabemos certinho o que devemos fazer, mas bate aquele medo, aquela insegurança. Isso não quer dizer que você é fraca, é instinto do ser humano ter medo de tudo àquilo que foge da sua zona de conforto. 

Mas você sabe que se não for hoje, amanhã ou mês que vem, uma hora você precisará deixar essa insegurança de lado. Vai chegar uma hora em que todo esse conforto que está vivendo não será mais suficiente. Você é iluminada, cheia de vida, tem uma alma abençoada e um coração repleto de coisas boas, você merece mais que isso. Você tem o pensamento cheio de planos, o coração cheio de sonhos. Você quer conhecer novos lugares, ver novas pessoas, sentir novas sensações. Você é repleta de boa energia, merece viver isso e merece encontrar alguém que viva isso com você. 

Não é simples moça, mas também não é tão complicado assim. Você sabe o valor que você tem e merece estar acompanhada por alguém que reconheça seu valor também. Você merece ser feliz como é, merece e deve ter muito amor (principalmente o próprio). Nada menos que isso. (Escrito por Bárbara Flores)